Vidros duplos e triplos: Critérios a ter em conta.

Atualizado: Mar 12



As janelas com vidros duplos são um elemento essencial para a hermeticidade de uma casa, por três grandes fatores:


  • Melhoram o conforto térmico;

  • Têm um importante desempenho no isolamento acústico;

  • Acabam por ser uma segurança para travar assaltos.


As gamas são numerosas e variadas, quer sejam para casas novas ou remodeladas. Neste artigo vamos explica tudo de A a Z, sobre este tipo de janelas, como as diferenças entre janelas de alumínio com vidro duplo e janelas de vidro duplo em PVC; bem como os critérios que deve ter em conta na hora de as comprar.



1. Por que escolher janelas com vidros duplos?

Outrora, as janelas de vidro eram simples e partiam com o menor movimento. Assim, as janelas de vidros duplos acabam por ser uma evolução natural deste tipo de revestimento. Hoje em dia, as empresas, as grandes superfícies e as residências privadas têm, geralmente, janelas com vidros duplos.

Por um lado, porque o isolamento de vidros duplos cumpre as normas legais impostas em novos edifícios e regulamentos térmicos. Por outro lado, porque o seu próprio desempenho térmico, acústico e de segurança, revolucionou o conforto interior de uma casa e desencadeia uma grande poupança de energia.

Por isso, hoje em dia, é natural as construções novas e remodelações incluírem janelas com vidros duplos nos seus projetos.


2. Como é constituída uma janela de vidros duplos?

Ao contrário do vidro simples convencional e como o próprio nome sugere, o vidro duplo é composto por duas camadas de vidro sobrepostas. Estes últimos podem ser de tamanhos diferentes (no caso de vidros duplos de isolamento acústico assimétrico), mas são, geralmente fabricados, no formato padrão de 4 mm.

Um espaço oco é deixado entre as duas camadas, chamado de lâmina. Esta lâmina é normalmente preenchida com ar ou gás argão/argónio ou crípton. É calibrado em 12 ou 16 milímetros. O gás argão, que é introduzido entre os vidros, torna o conjunto mais eficiente em 10%.


Nota: cada dimensão corresponde a uma necessidade específica.

Esses gases têm a particularidade de serem menos condutores de calor que o ar e, portanto, mais eficazes em termos de isolamento térmico, mas também são mais caros. Entre as janelas, na moldura da janela, é colocado uma lâmina de alumínio ou material sintético. Isto irá eliminar as pontes térmicas e, assim, melhorar o poder de isolamento do vidro duplo.


O que foi feito para melhorar o desempenho dos vidros?

Não podemos dizer que existe um modelo de janelas com vidros duplos feito para o resto de todos os tempos. Não. A ciência e a tecnologia estão em constante progresso, como tal, os peritos procuram também melhorar aspetos inerentes às janelas com vidros duplos.

Além disso, no mercado também encontra, cada vez mais, janelas com vidros triplos (três camadas de vidro, portanto, novamente separadas por ar ou gás). É quatro vezes mais eficiente em termos de desempenho térmico do que os vidros simples, duas vezes mais que o vidro duplo padrão.

A longo prazo, os profissionais acreditam que o vidro triplo será a nova alternativa, assim como o vidro duplo superou pouco a pouco os vidros simples, desde o final dos anos 80.


Nota: no entanto, existem duas desvantagens para os vidros triplos: baixa difusão de luz natural no espaço interior e a necessidade de uma maior caixilharia, logo, a necessidade de ter um espaço adequado para a sua instalação.


Quais são as principais vantagens de uma janela com vidros duplos?

As janelas de vidros duplos permitem:


  • Manter um equilíbrio térmico na nossa casa;

  • Reduzir o ruído;

  • Evitar a entrada de assaltantes, já que é mais difícil quebrar o vidro.


Em cada um dos domínios, há quatro indicadores de energia que permitem estimar os desempenhos:

1. Ug, o coeficiente específico para vidros. Relaciona a perda de calor, entre o isolamento e o frio. Quanto menor for o número, melhor será o desempenho.

2. Uw, é o coeficiente de transmissão térmica, que diz respeito às janelas de vidros duplos com caixilharia. Quanto mais baixo for o resultado, mais a janela será isoladora.

3. Sw, é o fator solar: quanto maior, maior será o calor transmitido. Há um Sw para o inverno e outro para o verão.

4. TLw, é a transmissão de luz: Entre 0 e 1. Quanto mais próximo o coeficiente for do 1, mais a luz transmitida será importante.


Isolamento térmico – além de manter uma temperatura ambiente agradável em cada estação na sua própria casa, as janelas com vidros duplos trazem uma grande poupança de energia, logo faturas mais baixas. Assim, as janelas de vidros duplos são uma barreira contra o frio, pois não deixam passar o calor do interior, como também são um escudo contra o calor: repelem os raios solares.


Isolamento acústico – viver ao lado de uma estrada onde existe muito barulho, como perto de um aeroporto ou do centro da cidade, pode tornar-se um verdadeiro inferno. Por isso, a escolha das janelas é fulcral, para promover o seu bem-estar. A ideia é de colocar uma espessura maior de vidro para o exterior (10 milímetros, por exemplo) e associar um filtro específico. Há seis graduações de redução de ruído, da classe 1 a 6, reduzindo a poluição sonora de 25 para 50 decibéis. Naturalmente, o desempenho térmico não sofre com esta especificidade e mantém-se a par de outros modelos de janelas clássicas com vidros duplos.


Anti-roubo – as janelas de vidros duplos são resistentes a assaltos, já que são constituídas com dois vidros laminados de 4 mm de espessura, colocadas lado a lado e postas para fora. Assim, em caso de choque, voluntário ou involuntário, o vidro não quebra. Segundo as estatísticas, o ladrão poderá levar 5 a 6 minutos para partir uma janela, ao contrário dos trinta segundo para um vidro simples. Deixa que pensar, não é verdade?


Que caixilharia escolher?

Na hora de comprar as suas janelas com vidros duplos, também tem que pensar na caixilharia. Mais que um pormenor ou um fator estético, pode reforçar ou não o isolamento acústico e térmico da sua casa. Aqui estão os principais materiais:


Madeira – muito apreciada pelo seu lado estético, mas é, muitas vezes, mais dispendioso graças ao seu bom desempenho em termos de isolação. Precisa de ser pintada a cada dez anos, mais ou menos.


PVC - janelas de vidro duplo em PVC é das opções mais usadas, porque apresenta um bom fator qualidade preço. Não requer manutenção, mas dificilmente é adequado para janelas de grandes dimensões.


Alumínio – as janelas de vidro duplo de alumínio são um pouco menos eficiente, em termos de isolamento. O seu custo varia entre as caixilharias de madeira e de PVC. Não requer manutenção e é ideal para grandes formatos.


A madeira e alumínio – excelente desempenho em termos de isolamento. A parte de alumínio é colocada do lado de fora (não enferruja e não requer manutenção), enquanto a madeira traz um toque estético ao seu interior. Esta é a solução mais cara.


Gostou? Aproveite e veja outros temas...



#Legalidade #Impostos #Documentos #Financiamento #MercadoImobiliário #HomeStaging


2 visualizações